27 de agosto | 2023

Um revolucionário chamado Freud

Compartilhe:

Datas Comemorativas

 

27/08

– Dia do Corretor de Imóveis

– Dia do Psicólogo

– Morte do escritor Gilberto Amado (1969)

28/08

– Criação do Museu Paulista, com sede no Monumento do Ipiranga (1893)

– Dia da Avicultura

– Dia das Obras Pontifícias

– Dia Nacional do Voluntariado

– Dia Nacional dos Bancários

– Nascimento do poeta Hermes Fontes (1888)

29/08

– Assinatura por D. João VI da convenção em que era reconhecida a independência do Brasil (1825)

– Desmembramento do Paraná da província de São Paulo (1853)

– Dia Nacional de Combate ao Fumo

– Elevação de Curitiba a categoria de província, com a denominação de Província do Paraná, pela lei nº 704 de 19/12/1853 (1853)

– Início da construção da estrada de ferro Mauá, a primeira do Brasil (1852)

– Nascimento de Aleijadinho (1730)

30/08

– É editado o single dos Beatles, “Hey Jude” (1968)

– Morre a cantora Dalva de Oliveira (1972)

– Dia do vendedor lojista

– Nasce Anita Garibaldi (1821)

31/08

– Criação da primeira escola para crianças abandonadas no Brasil (1740)

– Dia do Nutricionista

– Dia em que por Carta Régia, Portugal transfere o vice-reino do Estado do Brasil para o Rio de Janeiro (1767)

01/09

– Dia do Caixeiro Viajante

– Dia do Professor de Educação Física

– Publicação da lei nº 5770 que dispõe a forma e apresentação dos símbolos nacionais (1971)

– Dia do Hospital

– Início da Segunda Guerra Mundial (1939)

02/09

– Dia do Florista

– Dia do Repórter Fotográfico

– Fundação de Blumenau (SC) – 1850

 

Uma das teorias mais importantes de Sigmund Freud é a relação dos desejos e das condutas reprimidas com o comportamento sexual, que se origina antes da Primeira Infância, afetando a conduta posterior / GB Imagem

 

Um revolucionário chamado Freud

No dia 27 de agosto é comemorado o Dia do Psicólogo. O tema remete imediatamente a Sigmund Freud, neurologista e psiquiatra austríaco que viveu entre 1856 e 1939. Freud, ao conceber suas ideias sobre o inconsciente, revolucionou o pensamento moderno muito além do divã do analista. Nascido numa família judaica, em Viena, após um longo período de autoanálise, descobriu que a neurose resultava da repressão dos desejos sexuais infantis. Era, em sua concepção, o Complexo de Édipo.

Por volta do ano de 1900, Freud já havia desenvolvido a base de toda a sua teoria: a sexualidade infantil, a repressão, o inconsciente e as origens sexuais da psicopatologia. Ao encontrar resistência em determinados pacientes, Freud também desenvolveu suas técnicas de livre-associação e transferência, celebrizadas nos relatos como “Dora” e o “Homem dos Lobos”.

O neurologista dividiu a vida psíquica entre Id, Ego e Superego, visualizando o Homem como um ser atormentado por impulsos conflitantes (a libido versus o instinto de morte). A partir deste conceito, surgiu o pessimismo de teorias aplicadas à História, à Religião e à Arte, apresentadas em seus livros “A Civilização e os Seus Descontentamentos”, de 1930.

Já no final de sua vida, com o surgimento do Nazismo, foi obrigado, em 1938 a fugir com a família para Londres. Nesta época, Freud já sofria com um câncer na boca. Sua filha Anna desenvolveu um segmento próprio a partir das teorias de Freud.

O status científico da psicanálise freudiana permanece inalterado quanto às qualidades terapêuticas e nenhuma outra personalidade moderna abalou mais que Freud o mundo da psicanálise. Freud escreveu ainda: “A Psicopatologia da Vida Cotidiana”; “O Ego e o Id”; “A Interpretação dos Sonhos” e “Introdução à Psicanálise”.

 

 

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Todos os Comentários (3)
Danielle Silva há 9 mêses atrás
Um gênio da nossa era, muitas vezes ñ reconhecido ppr falar duras verdades que agridem diversas pessoas, principalmente as Que se dizem super religiosas e que ñ se aceitam como preconceituosas...pronto falei...
Andréa Nogueira há 9 mêses atrás
Admiração por esse homem, nunca mais você terá sua visão anterior após ler suas obra. Abre a mente e você terá outro entendimento das nossa situação psíquicas
Edson há 9 mêses atrás
Importante ressaltar q o termo sexualidade infantil transforma o conceito freudiano raso e banalizado. O que Freud desenvolveu foi uma Teoria Psicossexual. E nela a questão sexual vai muito além do senso comum. Portanto, o correto seria usar o termo na forma como foi concebido e é aplicado na psicanálise.
Mais lidas