12 de janeiro | 2010

Vereador e secretário municipal se agridem em Severínia

Compartilhe:

Um vereador e um secretário de governo do município se envolveram em uma ocorrência de agressão na cidade de Severínia. A confusão foi registrada na manhã da segunda-feira, dia 11, na rua Salomão Galib Tannuri, número 840, no centro da cidade. De acordo com a informação a confusão teria começado por causa de comentários que o vereador teria feito em relação à esposa do secretário municipal.

Consta que o vereador Ulisses dos Santos foi agredido fisicamente pelos irmãos Guilherme e Carlos Sechieri, que lhe desferiram vários socos e chutes causando lesões no rosto e tórax. Após as agressões os irmãos foram medicados no ambulatório de saúde da cidade, com pequenas escoriações.

De acordo com as informações divulgadas, os irmãos Secchieri declararam que o vereador seria o autor de todas as ligações telefônicas que desabonavam a conduta moral da esposa do secretário de esportes do município, Guilherme Sechieri. Esses telefonemas sugeririam que a mulher teria mantido um relacionamento amoroso com o cantor Latino, que se apresentou na cidade há alguns dias atrás.

Já o vereador, em seu blog, publicou uma nota oficial sobre o fato, dizendo que informava a todos que sofreu agressões “de dois meliantes dessa cidade” (sic), sem que soubesse dos motivos das mesmas. Segundo a nota, o vereador teria testemunhas e provas que comprovariam o delito e que tomaria todas as medidas cabíveis contra os irmãos.

“Queria frisar ainda que a violência só gera violência e que sou totalmente contra qualquer tipo de agressão, seja física ou psicológica contra qualquer ser vivente. Até por isso, não reagi em momento nenhum”, diz ainda a nota divulgada no blog do vereador, após o incidente.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas