07 de dezembro | 2010

Sete Vidas acusado de tentar matar rival com três tiros

Compartilhe:




Silvio Ricardo de Souza Barbosa, vulgo Sete Vidas, de 25 anos de idade, que reside na rua 11, Jardim Santa Ifigênia, zona norte de Olímpia, foi preso em flagrante na noite da segunda-feira, dia 6, acusado de tentativa de homicídio.

Ele teria tentado matar com três tiros, seu rival, Edson de Souza, vulgo Bitão, de 29 anos, que reside na rua Ângelo de Quadros Bitencourt, mesmo bairro. Um dos tiros acertou o rosto da vítima.

O crime foi registrado no início da noite da segunda-feira, dia 6, por volta das 20h10, na esquina da rua Ângelo de Quadros Bitencourt com a rua Salvador Carnevalli, no Jardim Santa Ifigênia.

Segundo foi apurado inicialmente pela polícia, Bitão teria se desentendido com uma mulher de nome Jorja, em razão desta ter comentado no bairro que sua mulher havia tido um relacionamento extraconjungal com Sete Vidas, do qual teria nascido um filho.

Consta que, durante a discussão, Jorja teria chamado Sete Vidas que inicialmente teria desferido um soco na boda de Bitão. Em seguida, Sete Vidas teria sacado um revolver e efetuado três disparos contra Bitão, um deles atingindo o rosto.

Além disso, os dois entraram em vias de fato, quando Bitão conseguiu desarmar Sete Vidas e correr para sua casa. Enquanto isso, Sete Vidas fugiu tomando rumo ignorado.

Bitão foi socorrido até à Santa Casa de Olímpia, para onde a delegada Maria Tereza Ferreira Vendramel se dirigiu para interrogar Bitão, que não prestou nenhuma informação sobre o crime.

Já Sete Vidas foi detido pela Polícia Rodoviária Estadual de São José do Rio Preto, no quilômetro 161, da rodovia Assis Chateaubriand, SP-425.

Ele estava no interior de um Golf, com placas CPZ 5780, de Olímpia.

Além de Sete Vidas, o carro era ocupado por outros dois elementos. Um deles o mecânico Marcio Freitas, de 24 anos, que reside no Jardim Tropical I, que conduzia o carro e um menor que se chamaria Diego, que conseguiu fugir.

No momento em que foram abordados, Sete Vidas, que apresentava manchas de sangue, alegou que havia matado um animal

Porém, em seguida disse que o Bitão que estava com a arma e foi em cima dele. Segundo ele, os dois entraram em luta corporal, momento em que a arma disparou.

Sete Vidas foi levado à Delegacia de Polícia de Olímpia, onde foi autuado em flagrante acusado de tentativa de homicídio e, em seguida, encarcerado na cadeia pública de Severínia.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas