08 de julho | 2010

Retirada de transporte gratuito gera manifestação em Altair

Compartilhe:

A retirada de circulação de um ônibus que fazia o transporte
de pessoas que residem em Altair, mas trabalham em São José do Rio Preto,
gratuitamente, acabou em uma manifestação popular em frente a câmara e da casa
do prefeito, José Braz Alvarindo do Prado, na noite da segunda-feira, dia 7. A
ocorrência foi registrada por volta das 20h30.

Inicialmente, os protestos foram em frente à câmara
municipal, localizada na praça Joaquim Carlos Garcia, número 384, centro, onde,
segundo a polícia, aproximadamente 50 pessoas iniciaram um protesto durante uma
reunião comandada pelo presidente, vereador Aparecido Alves da Silva.

A reclamação, de acordo com o presidente do Legislativo, era
contra a retirada de circulação, de um ônibus que era mantido pela prefeitura
da cidade, para o transporte gratuito de pessoas que trabalham em Rio Preto.

A retirada, segundo conta, é exigência da empresa São
Rafael, que seria detentora dos direitos de utilização da linha para transporte
de passageiros

A empresa teria ameaçado o prefeito José Braz Alvarindo do Prado, de entrar com
uma ação contra a prefeitura, caso continuasse cedendo o transporte de graça.

Houve um acordo com a empresa para estipular preços e
horários do ônibus para esses passageiros, mas que não estaria agradando essa
parte da população da cidade. Consta que o transporte começaria na
quinta-feira, pela manhã.

No entanto, sem um acordo na câmara, onde estaria
acontecendo uma reunião com os vereadores, os manifestantes se dirigiram para a
casa do prefeito, onde continuaram exigindo medidas que os beneficiassem. Após
determinado período e um acordo, os manifestantes foram embora para suas casas.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas