30 de setembro | 2015

Prefeito aumenta mais 20% e reajuste da tarifa de água é quase 42% em 2015

Compartilhe:

Com mais um reajuste desta feita de 20%, o aumento do valor da tarifa para o consumo mínimo de água neste ano, já está superando a casa dos 41%. Isso porque, sem nenhum receio de contrariar a população, o prefeito Eugênio José Zuliani decretou uma nova tarifação que passará a vigorar para as leituras realizadas a partir da quinta-feira, dia 1.º de outubro.

Segundo o Decreto número 6.141, de 23 de setembro de 2015, publicado na Imprensa Oficial do Município (IOM) do sábado, dia 26, desta feita o aumento será de 20%, com o valor do consumo mínimo da classe residencial, ou seja, para quem consome no máximo até 10 metros cúbicos passando de R$ 11,48 para R$ 13,78.

Ocorre que, o valor de R$ 11,48 já é resultado de outra canetada do prefeito Eugênio José Zuliani, esta em 24 de março de 2015, quando ele baixou o Decreto 5.994 majorando o valor do consumo mínimo em 18%.

Por isso, considerando os dois reajustes, mas partindo do valor de R$ 9,73 que vigorava até o dia 31 de março de 2015, o aumento do valor da tarifa mínima já chega a 41,623843%. Além disso, a coleta e tratamento de esgoto – que ainda é pequeno na cidade – custa 80% do valor que o consumidor paga ela água.

Para decretar mais esse aumento, o prefeito Eugênio José Zuliani, alega que grande parte da água produzida pela Superintendência de Água, Esgoto e Meio Ambiente – Daemo Ambiental, depende bastante do valor cobrado pelo consumo de energia elétrica.

“Considerando que a Daemo Ambiental está operando no limite financeiro de suas capacidades para investimentos e manutenção diuturnas do sistema de água, bem como da coleta, tratamento e disposição final de esgotos”, afirma trecho do decreto.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas