07 de julho | 2013

População paga R$ 90 mil a mais ao mês com CIP na conta de luz

Compartilhe:


A população estaria pagando além do necessário a título de CIP (Contribuição de Iluminação Pública), valor que é pago mensalmente nas contas do consumo emitidas pela CPFL Paulista, concessionária responsável pelo fornecimento de energia elétrica no município de Olímpia.
Pelo menos isso é o que se pode entender de uma informação divulgada na terça-feira desta semana, dia 2, pelo secretário municipal de Obras e Serviços, Renê Alexandre Galeti, durante uma entrevista que concedeu a uma emissora de rádio da cidade.

“Ela (CPFL Paulista) desconta o valor que é gasto de manutenção dos postes e repassa (para a Prefeitura) a sobra. Hoje a sobra do dinheiro da CIP é em torno de R$ 90 mil por mês”, afirmou.

De acordo com ele, a empresa é responsável por postes onde passam cabos de alta tensão. Já a Prefeitura é responsável por postes que tem apenas a iluminação, ou seja, somente nas praças públicas.

A informação veio à tona quando Galeti era questionado a respeito do encerramento do convênio assinado entre o Município e a empresa que deveria ter se encerrado no dia 30 de março próximo passado, quando a Prefeitura teria de assumir totalmente a troca de lâmpadas.
Mas, também segundo o secretário, por questões de segurança do trabalho – ter funcionários e equipamentos para atuarem em postes com cabos de alta tensão, nos quais passam 38 mil volts de energia elétrica, os prefeitos não estão aceitando assumir a responsabilidade e o prazo foi prorrogado.

De acordo com o secretário, em Olímpia são 36 mil pontos de iluminação, contando com as praças. Também segundo ele, a cada mês são trocadas 380 lâmpadas.

Entretanto, ele não acredita que haja alguma alteração e a responsabilidade seja realmente passada para os municípios. “A Prefeitura já está se estruturando e fatalmente será mais um serviço a ser assumido pela Prodem”.

REAJUSTE DO VALOR
Como se recorda, o prefeito Eugênio José Zuliani reajustou o valor da CIP em quase 11%, que passou a valer a partir de 6 de abril próximo passado. Desde a publicação da medida o consumidor de Olímpia está pagando R$ 6,20, ao invés dos R$ 5,60 que pagava até então.

“Considerando o ofício das Secretarias Municipais de Administração e Planejamento e Desenvolvimento Urbano, datado de 25 de fevereiro de 2013, onde solicita a correção da CIP – Contribuição para Custeio de Iluminação Pública – através do IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo”.

Também segundo a mesma publicação, a última correção ocorreu no dia 13 de abril de 2011, através do Decreto número 4.974, também de autoria do prefeito Eugênio José Zuliani.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas