04 de abril | 2016

Policial olimpiense morre em confronto com bando que assaltou transportadora de valores em Santos

Compartilhe:

Da redação com Diário da Região e Tribuna de Santos

O policial militar rodoviário olimpiense, Leonel Almeida de Carvalho, de 29 anos de idade, foi morto durante troca de tiros com uma quadrilha que assaltou uma empresa de transporte de valores, na madrugada de segunda-feira desta semana, dia 4, em Santos. Consta que o pai dele reside no Jardim Village Morada Verde, na zona leste de Olímpia.

Ainda segundo a polícia, outro policial, de Araraquara, e um morador de rua também morreram. O confronto deixou ainda duas pessoas feridas.

Consta que um grupo de assaltantes invadiu a empresa de transporte de valores Prosegur, localizada na Rua Silva Jardim, no Macuco, em Santos. Consta que outro policial também foi alvejado, mas não corre risco de morte.

O crime teve início por volta das 4 horas. Segundo apurado pela reportagem do Tribuna de Santos, o objetivo dos criminosos era levar alguns malotes com dinheiro da empresa. Por enquanto, a Polícia Militar não tem informações do número de suspeitos envolvidos na ação criminosa.

Assustados, moradores relataram ter ouvido bombas, que teriam sido usadas para estourar o portão e invadir a empresa. Segundo relatos de moradores do Macuco, os bandidos se posicionaram com fuzis em diversas esquinas, atirando para cima, tomando conta do local. Por conta disso, a polícia só chegou ao local quando o assalto já estava concluído.

Com a chegada dos policiais, houve confronto resultando em um policial baleado que foi atendido na Santa Casa de Santos e que não corre risco de morte. Um morador de rua, cuja identidade não foi divulgada, também foi morto. Pelo menos dois veículos foram incendiados. Um deles estava na esquina das ruas Silva Jardim e Xavier Pinheiro.

ROTA DE FUGA

Durante a fuga, os bandidos seguiram em direção ao centro de Santos, onde diversos cercos policiais foram montados. A quadrilha seguiu pela Avenida Conselheiro Nébias, ruas Bittencourt e João Pessoa, Praças Rui Barbosa e dos Andradas. Em seguida, em frente à Igreja do Rosário, houve intensa troca de tiros. Um popular, que seguia em direção à Rodoviária de Santos, em um veículo de passeio, chegou a ter seu carro atingido na ação. Por sorte, a vítima não ficou ferida.

O bando usou a Via Anchieta como rota de fuga. A Polícia Militar Rodoviária realizou um bloqueio e mais dois policiais foram baleados com tiros de fuzis, segundo a corporação. Eles foram socorridos ao Hospital Modelo de Cubatão. Um deles, identificado por Leonel Almeida de Carvalho foi atingido no quilômetro 55 da Via Anchieta e morreu em decorrência dos ferimentos. O outro, que passava por cirurgia nesta manhã, após ser atingido na região do abdômen, também veio a óbito. Ele foi identificado como Alex de Souza Silva.

Após a troca de tiros, os criminosos fugiram em direção a São Bernardo do Campo. Antes, abandonaram na entrada da Cidade vários carros usados na ação: uma Nissan preta, placas FNL  3400, de São Paulo, uma Nissan prata, placas FEU 110, de cidade ainda não conhecida, uma Tucson preta, placas EMC 6432, de São Paulo, e uma Santa Fe prata, de Santos, com placa ainda não identificada.

A Tribuna apurou que parte dos malotes levados da empresa foram abandonados na Nissan preta.
Em função dos carros largados na fuga, a Pista Norte da Anchieta precisou ser interditada em operação conjunta entre a Polícia Militar e a Ecovias, concessionária do Sistema Anchieta-Imigrantes (SAI), para a remoção e a perícia dos veículos.

Duas pessoas foram presas logo no início do dia, mas, por enquanto, segundo a Polícia Militar, não há confirmação de envolvimento no crime.

Desde o início da manhã, a reportagem do Tribuna tenta contato com a assessoria de imprensa da Prosegur, a fim de identificar o montante roubado pelos marginais durante a madrugada, além de eventuais danos patrimoniais.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas