02 de setembro | 2016

Olímpia vence o Mirassol e se reequilibra na Copa Paulista

Compartilhe:

Da redação com
Diário da Região

O Olímpia Futebol Clube levou a melhor no derby regional contra o Mirassol na noite desta terça-feira, dia 30, no estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, no encerramento da 10ª rodada da Copa Paulista. O revés, de virada, fez o Leão da Araraquarense cair da terceira para quarta colocação, com oito pontos, sendo superado pelo Galo Azul, que obteve a segunda vitória na competição, soma nove pontos e não triunfava há cinco rodadas – havia vencido só na estreia.

O Mirassol se dispôs ao ataque desde o início, principalmente com as investidas de Deco pela meia-esquerda. Em uma delas, depois de roubar a bola da defesa, serviu Gabriel Justino que da grande área bateu forte para defesa parcial de Flávio Mumu.

Aos 9, Xuxa tentou de cabeça, mas a bola saiu à direita do gol. Dois minutos depois, porém, em escanteio da esquerda, Alex Reinaldo mandou na pequena área, a bola passou por todo mundo e Deco apareceu livre para empurrar para as redes e fazer 1 a 0.

O Olímpia teve chance clara para empatar aos 19 minutos. Na falha de Danilo Boza, que fez um recuo curto de cabeça, João Marcos arrancou pela direita, cortou a marcação do zagueiro, mas bateu para fora na saída de Aleks.

Aos 27, porém, veio o empate. Na jogada rápida pelo meio, Giovanni Pavani serviu João Marcos na entrada da área, que bateu forte e rasteiro no canto esquerdo para vencer Aleks.

O duelo seguiu equilibrado, mas antes do término do primeiro tempo Gabriel Justino levantou a torcida em chute alto de fora da área, que carimbou a trave esquerda de Flávio Mumu.

A etapa final mal havia começado quando Giovanni Pavani virou o placar para o Olímpia. Ele recebeu na intermediário e acertou um belo chute, por cobertura. Aos 13 minutos, Raul Cabral tentou dar uma injeção de ânimo em seu time com as entradas de Matheus Gabriel e João Feres. Estreante no Galo Azul, Luiz Carlos Ferreira apostou em Nathan no lugar de Gonçalves.

O Mirassol reclamou pênalti quando o zagueiro Hélio Monteiro foi derrubado por André Morosini. O árbitro Thiago Lourenço de Mattos marcou falta fora da área. Na cobrança de Xuxa, outra reclamação, de toque de mão, mas a arbitragem seguiu o jogo.

O Olímpia volta a jogar sábado, 16h, contra o Catanduvense, em Catanduva.

O Mirassol joga em casa contra o Penapolense, na próxima terça-feira, dia 6.

Ficha técnica

Mirassol – Aleks; Alex Reinaldo, Danilo Boza, Hélio Monteiro e Fábio Lima; Nildo, Deco, Luís Oyama (Matheus Gabriel) e Xuxa; Gabriel Souza (João Feres) e Gabriel Justino (Ícaro). Técnico: Raul Cabral.

Olímpia – Flávio Mumu; Madson, Rafael Caldeira, Djalma e Vitor; André Morosini, Juliano, Gonçalves (Nathan) e Dênis William; João Marcos (Marcos Bahia) e Giovanni Pavani (Cristiano). Técnico: Luiz Carlos Ferreira.

Gols: Deco aos 11 e João Marcos aos 27 minutos do 1º tempo; Giovanni Pavani aos 3 minutos do 2º tempo. Árbitro: Thiago Lourenço de Mattos. Renda: R$ 12.500,00. Público: 2.250 pagantes. Local: estádio José Maria de Campos Maia, em Mirassol, na noite desta terça-feira, dia 30.

 

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas