13 de fevereiro | 2014

Exigência de simulador para habilitação fica para julho

Compartilhe:

Do Diário da Região
O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) adiou para 1º de julho a exigência do curso de simulador de direção para os novos motoristas. É a terceira vez que a obrigatoriedade do equipamento para alunos de autoescolas é prorrogada. O órgão federal argumenta que é necessário mais tempo para se adequar às “peculiaridades regionais”, como disponibilidade de internet, criação de unidades itinerantes e compartilhamento de simuladores entre as autoescolas.

Em Rio Preto, a Associação das Autoescolas aprovou o adiamento diante da dificuldade em se adquirir o aparelho. “Para o aluno, foi uma decisão sensata”, afirma o diretor da entidade, José Nasser Atique. Segundo ele, a medida do Contran não trouxe prejuízo, já que ninguém entre os que iniciaram o processo de habilitação neste ano havia atingido a etapa do simulador – estavam na fase teórica do exame.

Atique também disse que as autoescolas foram orientadas a não cobrar antecipadamente pelas aulas simuladas. A estimativa era de que o simulador aumentasse em 20% o custo para a obtenção da CNH na categoria B, para automóveis. O diretor da associação diz que momento é de precaução. “Vamos aguardar um pouco para adquirir os simuladores. O risco é haver um novo adiamento e ficarmos com os equipamentos parados.”

As 36 autoescolas da cidade haviam acordado em adquirir dez aparelhos em consórcio, no valor total de R$ 400 mil. “Já havíamos encomendado, mas agora vamos aguardar”, diz Atique. Segundo ele, até mesmo os fabricantes também estão com receio, diante dos sucessivos adiamentos. Além disso, há um projeto de lei no Congresso, de autoria do deputado Marcelo Almeida (PMDB-PR), que extingue a obrigatoriedade do simulador.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas