14 de janeiro | 2016

Ex funileiro é encontrado por sua esposa pendurado em uma corda

Compartilhe:

O comerciante e funileiro, Valdeir Aparecido Dias, de 45 anos de idade, que era proprietário de uma funilaria na Avenida Pio XII, no bairro São José, foi encontrado morto por enforcamento no início da manhã de quinta-feira, dia 14, em sua própria funilaria.

Valdeir foi encontrado por sua esposa com uma corda em seu pescoço, pendurado em uma treliça de metal usada para dar sustentação ao telhado do barracão.

O funileiro trabalhou na oficina Wagner Auto Peças e Funilaria por 27 anos e era morador da rua cinco no bairro COHAB III em Olímpia.

De acordo com informações divulgadas na manhã de quinta-feira por terceiros, Valdeir, há alguns dias vinha tendo comportamento estranho, tanto que sua esposa e sua mãe chegaram a cogitar levá-lo a um médico, porém Valdeir não havia aceitado

Um vizinho da funilaria, notou que ele andava um pouco desanimado e que o serviço estava um pouco fraco. Sua funilaria havia sido montada há aproximadamente quinze dias.

Segundo consta do Boletim de Ocorrências, Valdeir Aparecido Dias foi encontrado aparentemente sem vida por sua esposa Giseli Aparecida Perpetua Marchioni Dias, no interior do barracão onde trabalhava (funilaria) situado na Rua Pio XII , n.º 277, dependurado por uma corda no pescoço junto a estrutura metálica do telhado, sendo que ao lado do corpo, encostado na parede havia uma escada, objeto provavelmente usado para o ato.

Os integrantes do Corpo de Bombeiro compareceram no local e confirmaram o óbito. Na oficina não havia quaisquer vestígios que denotassem violência e o barracão, aparentemente, encontrava-se em ordem.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas