14 de janeiro | 2017

Chuva pode ter provocado acidente que matou olimpiense na Armando Salles

Compartilhe:

O olimpiense Antonio Aldemir Cardoso de Almeida, de 50 anos, acabou morrendo na noite de sexta-feira, 13, vítima de um acidente de carro ocorrido por volta das 18 horas. O acidente ocorreu na rodovia Armando Salles de Oliveira, SP-322, no trecho entre Marcondésia e Severínia. A vítima não resistiu aos ferimentos e morreu após passar pela UPA – Unidade de Pronto Atendimento e ter sido transferida para a Santa Casa de Olímpia.

Antonio Aldemir Cardoso de Almeida, 50 anos, era conhecido como "Grandão" e trabalhava prestando serviços para usinas. Era casado com a advogada Lígia Velho e, segundo posts do Facebook, estavam esperando um filho.

Segundo informações do repórter policial Julião Pitbull, em seu blog Olímpia 24 horas, Antonio Aldemir estava num veículo GM Ágile e outro veículo, uma VW Parati teria batido na porta do de seu veículo, ferindo-o gravemente.

No momento dos fatos estaria chovendo muito e um dos veículos pode ter aquaplanado provocando o acidente.

Antonio Aldemir foi socorrido por Bombeiros de Bebedouro e SAMU de Severínia.

Devido a gravidade dos ferimentos ele foi transferido para a UPA de Olímpia e, em seguida, foi transferido para a Santa Casa de Olímpia onde passaria por uma cirurgia emergencial, mas não resistiu e acabou falecendo.

Consta que Antonio Aldemir morou muito tempo no distrito de Baguaçú tendo mudado para Olímpia onde morava com a advogada Lígia Velho.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas