23 de abril | 2010

Carro de Guaraci capota perto do Ginásio de Esportes

Compartilhe:

Um
carro da cidade de Guaraci, que segundo consta, seus ocupantes voltavam
de uma
chácara localizada perto da cidade de Tabapuã, acabou capotando quando o
condutor acessou a avenida Harry Giannechinni, perto do Ginásio de
Esportes, no
Jardim Toledo, zona sudoeste da cidade de Olímpia.

O
acidente aconteceu no início da madrugada da quinta-feira, dia 22, por
volta da
1h50. Segundo o relato de João Batista, de 27 anos de idade, que estava
como
passageiro do Gol, ano 1995, o auxiliar administrativo André Luiz Silva,
de 24
anos, perdeu o controle da direção e capotou.

No
carro também estavam João Américo Batista, de 27 anos, e José Pereira
Mendes,
de 29 anos. Os quatro ocupantes do carro – todos que residem na cidade
de
Guaraci – sofreram ferimentos e foram medicados na Santa Casa.

Na
rotatória

No
início da tarde da terça-feira, dia 20, por volta das 12h50, um carro
ficou
bastante danificado, depois que o condutor chocou com a traseira de um
caminhão. O acidente aconteceu na avenida Governador Adhemar Pereira de
Barros,
número 686, nas proximidades da rotatória da avenida Constitucionalistas
de 32.

Consta
que Valdir Perpétuo Dias da Silva, de 36 anos, que conduzia o Fiat Uno,
ano
2008, não viu o caminhão Volkswagen, 2009, da cidade de Garça, que
estava
quebrado e sendo consertado pelo encarregado de manutenção, Abdias
Soares
Filho, de 49 anos.

O
carro bateu na traseira do caminhão que estava parado, quando Silva
tentava
fazer a rotatória e não percebeu o caminhão parado. Silva sofreu
ferimentos e
foi socorrido pelo resgate e medicado na Santa Casa, onde permaneceu
internado
em observação.

No
início da noite da terça-feira, dia 20, por volta das 20h30, o lixador
Lauricio
Donizete Ernanes, de 47 anos, conduzia a Parati 1990, pela rua 9 de
Julho e, no cruzamento com a Aurora Forti Neves, colidiu com a
motocicleta
Honda, CBX Strada, ano 1997, que era conduzida pelo vendedor Daniel
Pelison dos
Santos, de 31 anos. Santos foi socorrido na Santa Casa.


na madrugada da quarta-feira, dia 21, por volta da 1h50, o auxiliar
administrativo, Leandro Bertin, de 21 anos, conduzia o Gol, 1999, pela
avenida
Menina-Moça, no sentido bairro-centro, quando tocou o telefone celular.
Ele foi
pegar o aparelho e perdeu o controle do veículo batendo num coqueiro do
canteiro central da avenida.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas