08 de abril | 2011

Agricultor é baleado em roubo na Dr. Antônio Olímpio

Compartilhe:


Dois ladrões ocupando uma motocicleta balearam o agricultor
João Carlos Antoniassi, de 52 anos, na tarde do dia 08, quando ele estava no
interior do seu escritório na rua Doutor Antônio Olímpio, 1.036. Segundo ele
declarou antes de ser internado, teriam sido levados cerca de R$ 10 mil em
dinheiro.

A vítima, depois de receber os primeiros socorros na Santa
Casa de Misericórdia de Olímpia, foi transferida para o Hospital de Base, de
São José do Rio Preto e até por volta de 23h50 minutos a assessoria de imprensa
do hospital não foi encontrada para dar informações sobre o seu estado de
saúde.

A tentativa de latrocínio foi praticada na tarde de ontem,
por volta das 16h30. Segundo apurado preliminarmente pela polícia, o
agricultor, depois de sacar dinheiro em uma agência bancária de Olímpia, foi
para seu escritório.

Aproximadamente duas horas depois, um elemento de capacete e
camisa branca entrou no escritório e anunciou o assalto. O agricultor informou
à polícia que estava com cerca de R$ 20 mil no escritório, mas acredita que
foram levados cerca de R$ 10 mil.

À polícia, o agricultor afirmou que não reagiu mas, mesmo
assim, foi baleado. O tiro atingiu próximo do ombro do lado esquerdo. Após o
disparo, o ladrão fugiu na garupa de uma moto ocupada por  seu comparsa que o aguardava do lado de fora
do escritório.

O agricultor foi socorrido e medicado na Santa casa de
Misericórdia de Olímpia. Em seguida, foi transferido para o HB de Rio Preto,
onde deveria ser submetido a cirurgia para extração da bala. Presume-se, pelo
ferimento, que o projétil seria de calibre 38.

TRÊS SUSPEITOS
Depois do roubo foi feito cerco policial nas entradas,
saídas e estradas rurais de Olímpia. Na estrada de terra que liga Olímpia ao
povoado de Álvora foram detidos dois elementos que ocupavam uma moto e que
tentaram fugir da policia. Eles foram detidos, mas negaram qualquer
envolvimento com o roubo, alegando que tentaram fugir porque ficaram com medo.

Um outro suspeito foi detido, também com uma moto, tentando
fugir da polícia. Depois de detido, ele teria chegado a admitir que conhecia os
ladrões que praticaram o roubo. No entanto, depois teria voltado atrás,
afirmando que apenas fugiu porque não tinha CNH.

Os investigadores Dirceu Rodrigues e Denis Bonesconto, da polícia
civil local, após indagações de praxe, fizeram revista e encontraram com o
suspeito Leandro de Jesus Piedade, 23 anos, lavrador, morador na rua Ângelo de
Quadros Bitencourt, no bairro Sta. Ifigênia, sob a cueca, R$ 2.250,00 em
dinheiro.

Já com Wellington Acácio, 26 anos, pintor, morador na rua do
Eucalipto, Cohab II, foram encontrados no bolso direito da calça, quatro
projéteis calibre 22, e mais dois de festim e sob a cueca um rolo de fita
isolante.

O delegado Mário Renato Depieri Michelli ratificou o
flagrante e Leandro e Wellintgton foram encarcerados na cadeia pública de
Altair.

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas