05 de abril | 2023

“Em Mim Basta!” é um grito de guerra, e de liberdade, para que se rompa as amarras da mente

Compartilhe:

Sentinela

Em “Sentinela”, terceiro livro publicado pelo autor baiano Jefferson Silva, um vaga-lume vive uma contradição: ao mesmo tempo em que tem a função de iluminar a floresta durante a noite, a falta de luz o amedronta. Precisa, porém, enfrentá-la para exercer seu trabalho. Sem o breu, o inseto deixa de existir. A partir dessa reflexão, o autor traça um paralelo entre o papel da sombra na vida das pessoas e a necessidade dos humanos de compreender os próprios medos e as partes obscuras da alma. O enredo apresenta a trajetória de Prósfero, uma sentinela que caminha pela floresta com o objetivo de iluminar o lugar para proteger os animais e plantas de ameaças. Enquanto anda, conhece, por exemplo, Ésus. O personagem também é uma sentinela que, quando está ao lado do protagonista, emite uma luz mais forte. Prósfero ainda conversa com Anciã, uma antiga árvore que dá bons conselhos ao vaga-lume. Ela pondera sobre as contradições da vida, ao passo que convida o animal a pensar sobre si mesmo. Com essa figura sábia, o protagonista e, consequentemente os leitores, trabalham inseguranças e questionamentos inerentes à existência, como a busca por uma missão no mundo. Voltado, principalmente, para os jovens adultos, “Sentinela” mostra que certas convicções pessoais podem se tornar prisões. Em sua perspectiva, o autoconhecimento e as mudanças pessoais só podem acontecer a partir da criação de um vínculo saudável com as próprias sombras. “O livro fala muito mais sobre enfrentar a si mesmo do que o outro, fala que nossas convicções podem ser nosso cárcere e sempre temos que evoluir. Isso, muitas vezes, significa deixar de ser o mesmo”, reflete o escritor. O livro da Editora Uiclap, tem 134 páginas.

 

Em Mim Basta!

Autor best-seller, com 25 livros publicados, o terapeuta transpessoal William Sanches é uma referência nacional em Lei da Atração para Prosperidade. No livro “Em Mim Basta!”, o escritor vai na direção oposta: ensina a afastar tudo aquilo que não faz bem ou perdeu o sentido com o passar do tempo. E aí, a dica essencial é a clássica gíria brasileira: “pular fora”. Na obra publicada pelo Grupo Citadel, Sanches reitera a importância de quebrar ciclos viciantes. Amizades com pouca afinidade, um trabalho sem “aquela” motivação ou um relacionamento que só leva o amoroso no nome. A partir de exemplos corriqueiros, o especialista em Neurociências e Comportamento pela PUCRS convida o leitor a exercitar o “não”. Ele afirma que a dificuldade de impor limites na maioria das vezes encontra explicação na busca pelo reconhecimento externo e também em atitudes autodestrutivas recorrentes. Características que, segundo o especialista, têm origem em crenças hereditárias, verdades tidas como absolutas que criam resistência para mudanças, e por vezes até imobilizam. Para fugir destas limitações e, antes disso, que o leitor saiba identificá-las, William Sanches propõe uma autoanálise de práticas que via de regra são repetidas de pai para filho, sem ou com pouca consciência crítica. “Em Mim Basta!” é um grito de guerra, e de liberdade, para que se rompa as amarras da mente em busca daquilo em que se acredita verdadeiramente. Com 256 páginas, o livro é da Editora Citadel.

 

Uma Sobe e Puxa a Outra: Histórias para Impulsionar Mais Mulheres

Apesar dos avanços registrados nas últimas décadas, o mundo ainda impõe muitas limitações quanto ao espaço que as mulheres podem e devem ocupar. Mas a necessidade e o desejo de mudança continuam levando muitas mulheres resilientes a questionar e a mudar o status quo. Elas expandem horizontes, quebram barreiras, passam por cima das pedras do caminho, engolem sapos, encontram forças e cavam suas próprias trilhas, muitas vezes sozinhas ou carregando famílias e comunidades inteiras. Está sendo lançado pela Literare Books International o livro “Uma Sobe e Puxa a Outra: Histórias para Impulsionar Mais Mulheres”. Com coordenação de Christiane Pelajo, Dea Mendonça, Flávia Lippi, Luciana Herrmann Pierri e Natasha de Caiado Castro, a obra reúne histórias autobiográficas de 44 coautoras que emocionam e inspiram do começo ao fim. A ideia do livro nasceu a partir de um grupo de networking chamado ““Uma Sobe e Puxa a Outra”, criado há oito meses e formado por 256 mulheres de diferentes áreas de atuação, idades, origens, raças e geografias, focado na troca de experiências, apoio mútuo e generosidade. “Esse livro é mais do que uma simples obra. Esperamos que, a partir das histórias reais contadas com tanta verdade e potência, ele seja uma fonte de inspiração para muitas outras mulheres que enfrentam diariamente desafios ligados à carreira, saúde, vida e relacionamentos”, afirma Natasha de Caiado Castro, idealizadora e fundadora do grupo. Cada parágrafo do livro traz lágrimas, gargalhadas, sonhos frustrados e realizados de mulheres que incentivam outras mulheres em diversos setores de forma orgânica, ágil e com sororidade, com vistas de puxar, dar voz e aumentar oportunidades. “Acreditamos na importância de dar visibilidade às diferentes problemáticas enfrentadas pelas mulheres, demonstrando que não estamos sozinhas. “Com a força do coletivo, temos a possibilidade de encurtar o tempo para chegarmos a um mundo com equidade de gênero”, completa jornalista Christiane Pelajo, coordenadora da obra. O livro tem 368 páginas.

 

Franchising Consciente

Franqueador e franqueado lado a lado, trabalhando pela marca que está no centro desta relação: esta pode ser uma das cenas possíveis para descrever o “Franchising Consciente”, que Marcia Pires e Melitha Novoa trazem em sua nova obra. Com reflexões contemporâneas sobre questões fundamentais para o desenvolvimento, aprimoramento e até sobrevivência das redes, as autoras fazem, no decorrer dos capítulos, com que o leitor avalie seu próprio comportamento, seja ele franqueador, franqueado ou profissional do sistema. E, se ele for alguém interessado em adquirir uma franquia ou em se tornar um franqueador, ainda conseguirá entender pormenores que fazem do Franchising um sistema único, feito por e para pessoas, cuja essência está no relacionamento aprimorado entre as partes. Marcia e Melitha, que acumulam muita experiência justamente em se relacionar com franqueadores e franqueados, trazem ao leitor um pouco sobre gestão de redes, novo papel das partes, territorialidade na era digital, importância da manualização, programas de excelência, suporte e outros temas que não precisam ser lidos numa ordem sequencial e, além disso, são finalizados por exercícios práticos e um resumo em ilustração no modelo de visual law. Com 194 páginas, o livro é um lançamento da Editora VA Books.

 

Compartilhe:

Comentários

Os comentários não representam a opinião do iFolha; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Você deve se logar no site para enviar um comentário. Clique aqui e faça o login!

Ainda não tem nenhum comentário para esse post. Seja o primeiro a comentar!

Mais lidas